Home / Dicas para iniciantes / Como investir nas LCIs: Letras de Crédito Imobiliário I

Como investir nas LCIs: Letras de Crédito Imobiliário I

Como investir em LCIs - Seu guia de Investimentos

Neste artivo você vai aprender como investir nas LCIs – as Letras de Crédito Imobiliário, as taxas, riscos, impostos, e algumas dicas sobre como administrar este investimento. Se, além de querer saber mais sobre as LCI’s, você também quiser aprender mais sobre o investimento em ações, você pode baixar o meu e-book “Guia – 3 Passos Pra Investir em Ações”, clicando aqui.

Como investir nas LCIs: o que são as Letras de Crédito Imobiliário?

LCIs significam Letras de Crédito Imobiliário. São títulos de renda fixa, assim como são os Títulos do Tesouro Direto, Fundos de investimento e afins. Só que as LCIS são também contratos que o Banco emite para que ele possa tomar dinheiro emprestado de você. 

Ao investir nas LCIs você compra um título de crédito, um documento que te dá o direito de receber o dinheiro corrigido com juros ao final do empréstimo. Pra entender essa lógica de como os investimentos funcionam, leia este artigo com Conceitos Básicos sobre Como Investir (clique aqui).

Investir nas LCIs é diferente de investir em fundos de investimento, ou CDBs. Nesses dois casos você não adquire nenhum tipo de título de crédito. As LCIs são contratos com propósito específico e prazo de vencimento. Neste contrato há duas partes: quem empresta o dinheiro (você), e a que toma o dinheiro emprestado (Banco). Estes contratos servem pro Banco captar dinheiro pra financiar imóveis para seus clientes.

Riscos do Investimento nas Letras de Crédito Imobiliário (LCIs)

Todo investimentos tem riscos. Por trás das Letras de Crédito Imobiliário existem imóveis reais que servem como garantia pelo empréstimo.Eles ficam hipotecados ou alienados em nome do Banco até que o cliente possa pagar o financiamento que tomou. Caso os clientes fique inadimplente, o Banco pode leiloar o imóvel e recuperar o dinheiro. O risco é do Banco e não seu. O Banco tem o compromisso do contrato de devolver o dinheiro que você emprestou com juros e correção, na data de vencimento da LCI.

Rentabilidade das Letras de Crédito Imobiliário (LCIs)

Ao comprar uma Letra de Crédito, você recebe um percentual da taxa CDI na troca. Pra saber mais sobre o que é a Taxa CDI, leia este meu artigo.

Pra avaliar a rentabilidade da sua LCI você precisa saber como anda a Taxa CDI. No site do Valor Data (clique aqui) você pode consultar a Taxa CDI. Exemplo: se a CDI estiver em 10,50% ao ano, e a LCI estiver oferece 90% do CDI, a rentabilidade da LCI será de 9,45% ao ano (0,90 x 10,50). Se, nesse caso, a taxa CDI aumentasse pra 12% ao ano, a rentabilidade da LCI iria pra 10,8% ao ano.

Por isso, o investimento em LCIs é pós-fixado. Ele depende do CDI e acompanha esta taxa até a data do vencimento. Não conseguimos definir antes qual será o seu rendimento no vencimento. Existem LCIs indexadas (o Banco Sofisa oferece essa modalidade de LCIs). Pra saber mais sobre o que são investimentos pré-fixados, pós-fixados ou indexados, leia este meu artigo.

Taxas e Imposto de renda das Letras de Crédito Imobiliário (LCIs)

As Letras de Crédito Imobiliário não pagam imposto de renda ainda. Em geral a maioria dos Bancos não cobra outras taxas para o investimento nas LCIs. Isto quer dizer que as LCIs não possuem custos de transação.

*Atenção: a partir de 2016 é provável que as LCIs e LCAs passem a pagar IR. Veja mais sobre o assunto neste artigo*.

Uma dica sobre como investir nas LCIs pós fixadas é sempre aguardar um ciclo de aumento das taxas de juros na economia. Exemplos de títulos pós fixados são além das LCIs as LCAs (Letras de Crédito do Agronegócio), LFTs (Tesouro Selic), Fundos de Investimento DI. Já para os títulos pré fixados faz mais sentido aguardar um ciclo de queda nas taxas de juros da economia. Exemplos de títulos pré-fixados são os Fundos de Investimento Renda Fixa, CDBs pré fixados e Títulos Públicos como as LTNs.

Para saber mais sobre como as taxas de juros afetam seus investimentos, leia o meu artigo “O que é a Taxa de Juros Selic e sua importância para seus investimentos“.

Continue a leitura na segunda parte do artigo “Como Investir nas LCIs – Letras de Crédito Imobiliário Parte II“.

Compartilhe este artigo também com seus amigos nas redes sociais:

Recomendo a leitura:

[magicactionbox]

Sobre Gisele

Sou apaixonada por finanças e investimentos. Essa paixão começou em 2004 quando comecei a investir em ações. Aqui no site tenho como objetivo ajudar meus leitores a entender como o mercado financeiro e a economia estão presentes no seu dia-a-dia e a melhorar sua capacidade de tomar boas decisões de investimentos para suas vidas. Eu invisto através da filosofia de investimento em valor e análise fundamentalista. Quero dividir um pouco do que aprendi com vocês e também, aprender sempre mais através dos seus comentários e suas dúvidas.

4 comentários

  1. elmair de sousa santos

    Olá gisele boa noite , lgl gostei muito obrigado!

    • Olá Elmair,

      Fico feliz que gostou do artigo! Espero que o site continue sendo útil em tirar dúvidas sobre investimentos!

      Um grande abraço!

  2. Mário Furtunato Pinto Filho

    Moça, quanto mais eu leio, menos entendo..rss suas explicaçoes sao otimas, eu que estou meio perdido mesmo, no meio de tantas siglas…

    bate pronto: tenho 1000 reais pra investir, quero um rendimento anual maio que a poupança mas nao quero investimentos muito arriscados, e nao tenho muito conhecimento neste mercado.. qual opção vc sugere?

    • Olá Mario!

      Fique tranquilo pois no começo é assim mesmo. O importante é começar. Quanto ao rendimento superior ao da poupança, você pode obter através de CDBs, LCIs, fundos de investimento, Fundos imobiliários, e etc. Sugiro que comece com os mais fáceis como os CDBs, depois você pode passar para outros investimentos mais complexos.
      Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *