Home / Dicas para iniciantes / Investimentos pré fixados, pós fixados ou indexados? – Parte 1

Investimentos pré fixados, pós fixados ou indexados? – Parte 1

Pre fixado pos fixado ou indexado a inflacao - qual escolher - Seu Guia de Investimentos

No artigo de hoje você vai aprender tudo sobre o que são investimentos pré-fixados, pós-fixados e indexados! Esta é a primeira parte do artigo.

Antes de começar, baixe o meu e-book “Guia 3 Passos Pra Investir Em Ações”, clicando aqui.

Quando pensamos em investir na renda fixa é muito comum nos depararmos com a seguinte dúvida: “Qual modalidade de investimento devo escolher: pré-fixado, pós fixado ou indexado (geralmente à inflação)?

Pra saber quando uma destas modalidades de investimento pode ser a melhor para você, é preciso entender como cada uma funciona, e diante de quais cenários elas rendem mais ou menos. Vamos ver na sequência como funcionam estas três modalidades de investimentos da renda fixa, quando são vantajosas, suas vantagens e desvantagens e quando você deve escolhe-las.

Investimentos Pré-fixados: o que são e como funcionam

Os investimentos pré-fixados são aqueles que tem a rentabilidade fixada na data da aplicação. A rentabilidade pode ser pré-fixada de duas formas: quando a taxa de retorno já é definida (ex: 12% ao ano), ou quando o valor do investimento no vencimento é definido (ex: R$ 1.000 no vencimento).

Nesta categoria de investimentos da renda fixa encontramos temos os títulos do Governo LTNs (Letras do Tesouro Nacional) e NTN-Fs (Notas do Tesouro Nacional série F). Ambas valem R$ 1.000 no vencimento. Há também alguns CDBs (veja alguns exemplos neste link).

Algumas Debêntures também podem ter rentabilidade pré-fixada.

Quando o investimento pré-fixado é vantajoso?

Pre fixado pos fixado ou indexado a inflacao - seguranca e baixo risco- qual escolher - Seu Guia de InvestimentosInvestimentos com rentabilidade pré-fixada podem ser boas escolhas quando você se encaixa em uma ou mais das seguintes condições:

  • Você quer saber o valor exato que receberá no vencimento do investimento. Muitos investidores preferem saber quanto vão receber por não gostarem da incerteza que o risco trás em outras modalidades de investimento, ou caso você precise ter certeza sobre o valor final do investimento porque precisa do valor para honrar algum outro compromisso (situações que são mais comuns em investimentos de médio prazo);
  • Você acredita que as taxas de juros reais do país irão se manter ou poderão cair durante o período do investimento;
  • Você não precisará dos recursos até o vencimento e está apostando numa estratégia de investimentos mensais.

Vantagens e desvantagens dos investimentos pré-fixados

A grande vantagem do investimento em ativos pré-fixados é que o investidor pode, de antemão, saber o valor a ser resgatado, e em cenários de grande instabilidade econômica, o retorno sobre o investimento é mantido.

A desvantagem pra maioria dos investimentos pré-fixados é a baixa liquidez. Muitos destes investimentos não permitem o resgate antecipado, e quando permitem (como no caso dos títulos do Governo), esse resgate é condicionado aos preços de mercado dos títulos, o que pode gerar prejuízo para o investidor.

Investimentos Pós-fixados: o que são e como funcionam

Investimentos com rentabilidade pós-fixada são aqueles em que você só sabe quanto vai ter de rendimento no final do prazo do investimento. Geralmente são investimentos que pagam a rentabilidade de acordo com a variação de algum índice, durante o prazo do investimento. Nesta categoria de investimento encontramos os títulos públicos LFTs (Letras Financeiras do Tesouro) que pagam a Taxa Selic; alguns CDBs (veja alguns exemplos neste link) e algumas debêntures pós-fixadas que seguem o IPCA ou a Taxa CDI.

Quando o investimento pós-fixado é vantajoso?

Investimentos com rentabilidade pós-fixada podem ser boas escolhas quando você se encaixa em uma ou mais das seguintes condições:

  • Você acredita que as taxas de juros reais do país irão aumentar durante o período do investimento;
  • Você quer um investimento que tenha remuneração em linha com a variação da taxa de juros real do país sem a necessidade de saber o valor final do investimento (o que é mais comum em aplicações de curto prazo);
  • Você acredita que pode precisar dos recursos no curto prazo antes do investimento (o que pode ocorrer no caso de uma reserva de emergência).

Vantagens e desvantagens dos investimentos pós-fixados

A vantagem de se investir em ativos pós-fixados é que geralmente é mais fácil conseguir um resgate antecipado sem grandes prejuízos (como no caso das LFTs). A desvantagem é que o retorno dos investimentos pós-fixados geralmente é menor que o dos investimentos pré-fixados ou indexados, e só será conhecido na data de vencimento do investimento. Quando prazo dos investimentos é longo, ou seja, supera 3 anos, o risco é alto diante da situação econômica atualmente vivida aqui no Brasil.

Veja mais sobre investimentos indexados acessando a segunda parte deste artigo!

*Novos Artigos*: acesse a página principal e leia os novos artigos e as melhores notícias sobre investimentos

Compartilhe este artigo também com seus amigos nas redes sociais:


[magicactionbox]

Sobre Gisele

Sou apaixonada por finanças e investimentos. Essa paixão começou em 2004 quando comecei a investir em ações. Aqui no site tenho como objetivo ajudar meus leitores a entender como o mercado financeiro e a economia estão presentes no seu dia-a-dia e a melhorar sua capacidade de tomar boas decisões de investimentos para suas vidas. Eu invisto através da filosofia de investimento em valor e análise fundamentalista. Quero dividir um pouco do que aprendi com vocês e também, aprender sempre mais através dos seus comentários e suas dúvidas.

22 comentários

  1. Jucilene

    Oi Gisele,
    Eu estou pesquisando como funcionam esses investimentos e seu site está sendo de grande ajuda. Porém, gostaria de saber se o valor do investimento inicial pode sofrer no fim do período determinado uma baixa, de acordo com as variações de juro e ou situação econômica do país. E mais, no caso de investimento no tesouro nacional, há a possibilidade de que o governo confisque o seu dinheiro?

    obrigada!

    • Olá Jucilene!

      Olha, um investimento, seja qual ele for, só pode sofrer uma baixa, ou seja, um prejuízo ou perda do seu valor inicial, se a rentabilidade for negativa. Existem aplicações de renda fixa que podem apresentar rentabilidade negativa. Por exemplo: fundos multimercado.

      No caso dos títulos do Tesouro Direto (Tesouro Nacional), a possibilidade de que o Governo não devolva o dinheiro dos credores existe sim. Mas acho que é bastante remota a chance de isso ocorrer. Mesmo com a perda do grau de investimento, que pode ser um estimulo a mais para que os estrangeiros que investem no Tesouro Direto retiram seu capital (hoje mais ou menos 20% dos titulos do TD estão nas mãos de não residentes), acho que isso não vai por enquanto prejudicar a capacidade do governo de pagar os títulos já emitidos. O Governo sempre pode emitir mais títulos e captar d, emitir moeda, e financiar tudo com mais dívida ou com inflação. E ainda não chegamos no nível da Grécia, onde a dívida publica era quase 180% do PIB. Aqui essa relação está em 63% ainda. Enquanto o Governo conseguir emitir novos títulos e captar mais dinheiro no mercado, emitir moeda gerando inflação e aumentar impostos, a possibilidade de não devolver o dinheiro investido no Tesouro Direto é bem remota na minha opinião…

      Espero ter ajudado!
      Abraços!

  2. Orlando dos santos

    Ola boa tarde estou iniciando nesse cenário de investimentos qual sua opinião para quem esta começando a investir???

    • Olá Orlando!

      Minha sugestão pra quem está começando e não souber nada, não sei se esse é o seu caso, mas se for sugiro que dê seus primeiros passos com a renda fixa. Agora escolher o que é melhor entre pré, pós ou indexados vai depender de uma análise da trajetória dos juros do país. Na *minha opinião* acredito que os juros estejam bem altos, e no médio prazo deverão cair. Mas tudo pode acontecer, então tudo depende da análise de cada um…
      abraço!

  3. Helen

    Bom dia Gisele.
    Gostaria de saber com sua experiência, atualmente hoje no Brasil qual é a melhor forma de investimento, será a taxa de INDEXADOR AO IPCA, INDEXADOR A TAXA SELIC, PREFIXADOS OU TAXAS? QUAL DESTE É O MELHOR INVESTIMENTO COM SEGURANÇA?
    TIRE OUTRA DÚVIDA: POSSO PERDER O JURO? E A RISCO DE EU PERDER O DINHEIRO INVESTIDO?
    Obrigado.

    • Oi Helen,
      Acredito que é uma boa investir nos indexados ao IPCA. Mas é minha opinião apenas.
      Com relação a perder dinheiro, tudo vai depender de onde você vai investir. Na renda fixa, alguns fundos de investimento podem ter rentabilidade negativa. Já vi isso acontecer até com alguns fundos mais conservadores. Agora se você investir em Tesouro direto e afins, não terá rentabilidade negativa (se carregar o título até o vencimento). Apenas pode ter rentabilidade comparativa menor que a de outros títulos no mercado.
      Espero ter ajudado 🙂

  4. Fran

    Olá Gisele,

    Tenho um capital de 20M é um valor que não pretendo utilizar, estou pensando em investi-lo no periodo de 1 a 2 anos. O que você sugere. Pensei no pre fixado !!!

    • Olá Fran!

      No caso seriam 20 mil? Você pode investir em CDBs, LCIs, ou até mesmo fundos de debentures incentivadas. O pré pode ser uma opção mas você nao poderá mexer no dinheiro durante a aplicação.

      Abraço!

  5. Nesk Pinheiro

    Gisele, bom dia . .. investir em renda prefixada no momento da compra tem um tal juros ali, ela se permanece ate o final dependendo que o cenário mude.

    • Olá Nesk!

      Sim, se você investe em titulos pré-fixados, o juros permanece inalterado até o final do investimento, ainda que o cenário mude.

      Abraço!

  6. Fatima

    Bom dia!
    Tenho algumas duvidas;
    1) tenho aplicaçoes no Tesouro Direto, como:
    SELIC 2021 – se a Selic baixar e eu resgatar antes do prazo, vai ser considerada a taxa que estiver no dia? Se deixar até o prazo, resgato a 14,25%?

    NTNB – se deixar ate o vencimento, resgatarei conforme taxa juros contratada e o IPCA do momento?

    PRE-FIXADOS – tenho um pouco; aidna é o melhor momento para comprar? Garantirei a taxa de juros atual, se resgatar somente no vencimento?

    Tenho também uma parte investida em FUNDO MULTIMERCADO APPIA TOSCANA e, fiquei insegura depois de um comentario seu que alguns fundos podem ter rentabilidade negativa. Voce acha que é uma boa opçao continuar investindo em Fundos Multimercados, visto o cenário atual ?

    Obrigada,

    • OLá Fatima!

      1) se a Selic cair, você vai receber o que a selic pagar. Esse titulo acumula o valor diário da selic, entao qualquer oscilação reflete instantaneamente na sua rentabilidade
      2) NTNB você tem uma parte pre fixada de 6% ao ano, e a outra corre pela inflação (IPCA)
      3) PRé – é bom comprar em momentos que antecedem a queda da Selic.

      Os fundos multimercado podem apresentar rentabilidade negativa e isso é comum. Você tem que avaliar o histórico de rentabilidade do fundo, analisar os ativos nos quais ele investe, e avaliar se vale a pena continuar. Vale lembrar que estes tipos de fundo já mordem uma parte do seu patrimonio com a taxa de administração. Depois ainda há a taxa de performance e imposto de renda. Você so vai saber se vale a pena investir neles se os ativos nos quais o fundo investem forem rentáveis e estejam num bom momento economico. Tem que ler a lamina e prospecto do fundo pra analisar

  7. Adoro seus comentários. Não invisto nada sem antes ter uma posição sua. Não vou perguntar nada, apenas agradecer.

    • Olá Sonia!

      Fico feliz que gostou dos meus artigos sobre investimentos! Esse é um estímulo muito grande para o meu trabalho com o site!

      Abraço!

  8. Beatriz

    Adorei sua didática e penso em investir cerca de 5000 reais em titulos do tesouro direto. Não pretendo mexer nesse dinheiro nos proximos 15 anos pelo menos então pensei em aplicar em algo como Tesouro IPCA+ 2024 (NTN-B Principal) através de uma corretora financeira que tem taxa zero para esse tipo de aplicação . Mas lendo seu artigo vc informa que há possibilidade de no final eu ter um rendimento menor do que o título pré fixado…… Então seria melhor fazer essa aplicação em algum desses titulos? Se sim, qual você sugere? Já li também que LCI rende menos que títulos do tesouro direito e tenho 4000 reais aplicados em LCI…E estava pensando em retirar esses 4000 reais para também aplicar em tesouro direto…. Estou com muitas duvidas. Se fosse você o que faria? Obrigada!

    • Ola Beatriz!

      Se você escolher algum titulo pre-fixado com a taxa atual, terá ganho pois a taxa está caindo, e o pré manterá sua rentabilidade até a data do resgate. Você pode optar ou por TD pré, ou CDBs, LCIs ou LCAS pré -fixados. Eu acho que vale investir em quaisquer desses titulos pré, mas precisa avaliar o prazo, e as taxas. Pra mais que dois anos, acho arriscado… Abraço!

  9. Pascal

    Olá Gisele!
    gostaria de saber o que você acha da poupança oferecido pelo banco do Brasil?

    • Olá Pascal!

      A poupança tem rentabilidade muito baixa. Todas as poupanças, de qualquer banco, sao iguais, então tanto faz se é do Banco do Brasil, ou outro banco. Você consegue mais rentabilidade em CDBs, Tesouro Direto, ou renda variável.
      ABraço!

  10. Fernanda

    Estou começando também e queria saber qual a diferença entre o tesouro direto e o investimento de renda fixa… qual é mais seguro e tem maior rentabilidade? Obrigada

  11. Dhiego

    Boa tarde, é possível um cdb indexado pelo cdi gerar prejuízo?
    Investi 5 mil em um cdb com 101% do cdi.

    E este hoje apareceu da seguinte forma:

    CARÊNCIA DATA PU CURVA I.R (R$) I.O.F (R$) POSIÇÃO LÍQUIDA (R$)

    21/11/2016 16/01/2017 23,34 0,00 4.976,66

    Poderia me esclarecer por que isso aconteceu?

    • Oi Dhiego!

      Não deveria dar prejuizo. Você tem mais informações sobre o contrato desse CDB pra passar pra eu analisar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *