Home / Dicas para iniciantes / Guia prático: investir no Tesouro Direto em 3 passos

Guia prático: investir no Tesouro Direto em 3 passos

Neste artigo você vai aprender a comprar títulos do Tesouro Direto em 3 passos rápidos!

Se você quer aprender também sobre investimentos em ações, baixe o meu e-book “Guia – 3 Passos pra Investir em Ações Já”, clicando neste link, ou no final deste página.

Se você decidiu investir em Títulos do Governo e agora quer começar a comprá-los pelo sistema do Tesouro Direto, o processo é muito simples. Você vai precisar percorrer três etapas:

  • Passo 1: Escolher o título no site do Tesouro Direto
  • Passo 2: Escolher uma corretora
  • Passo 3: Realizar a compra no sistema

Vamos ver cada um desses passos na prática:

Primeiro Passo: Escolhendo o Título do Tesouro no site do Tesouro Direto

A primeira coisa é escolher o Título no qual deseja investir é visitar este link (clique aqui). Nele você vai encontrar a relação dos Títulos do Governo disponíveis para compra e o prazo de vencimento de cada um deles.

Mas como funcionam os títulos do Governo? Qual título devo escolher?

Como expliquei em meu artigo “Tesouro Direto: o que é e como funciona?”, os Títulos do Governo são na verdade, papéis que o Governo emite para poder pegar dinheiro emprestado da população. Pra saber mais sobre como eles funcionam, leia meu Mini-Curso Como Investir no Tesouro Direto. Em resumo, o Tesouro Direto é um investimento que paga juros de duas formas:

  • Cupons de juros pagos semestralmente: neste caso são pagos os chamados “cupons de juros”, que são correções pagas ao investidor a cada seis meses. O investidor pode optar por reinvestir esses juros também para aumentar a retorno do título. Além dos juros pagos semestralmente há também o valor total do título que o investidor resgata corrigido ao final do investimento;
  • Apenas no resgate do principal: neste caso o investidor somente recebe os juros quando a aplicação termina e o valor total é resgatado.

Além disso, Títulos do Governo são corrigidos em três modalidades:

  • Pré-fixados: são títulos com rendimento definido antecipadamente. Quando você compra estes títulos, eles já tem um retorno fixado. Nesta categoria estão os títulos LTNs e NTN-Fs.
  • Indexados: são títulos cujo retorno está atrelado a alguma taxa de juros da economia, como o IPCA, IGP-Mou a Taxa Selic, mais um percentual fixo. Nesta categoria estão os títulos NTN-B e NTN-C.
  • Pós-fixados: são títulos cujo retorno está exclusivamente atrelado à variação de uma taxa de juros entre a data da compra e do vencimento. Nesta categoria encontramos a LFT.

Para saber mais sobre estas modalidades de rentabilidade, veja meu artigo: Pré-fixados, pós-fixados ou indexados: qual é o melhor?

Os títulos que pagam maiores taxas geralmente são os de prazos mais longos (como por exemplo 20 anos). Porém estes títulos tem maiores riscos de rentabilidade associados às oscilações das taxas de juros da economia.

Para saber qual Título é o mais vantajoso, é preciso fazer uma análise dos seus objetivos e de quais investimentos você já tem. Se você está começando a aprender como investir no Tesouro Direto, recomendo a leitura do meu artigo “O melhor investimento, com alto retorno e baixo risco”. Os Títulos do Governo do Tesouro Direto são atualmente investimento de renda fixa com boa relação retorno x risco. A escolha do melhor Titulo do Governo para você vai depender do tempo que você pode deixar seu dinheiro investido e de seus objetivos de longo prazo.

Segundo Passo: escolhendo uma Corretora

Para poder comprar os títulos pelo canal Tesouro Direto, o investidor deverá escolher alguma corretora para intermediar a operação. O investidor poderá avaliar as taxas de custódia por corretora neste link.

*ATENÇÃO”: se você possui conta poupança em um Banco que possua corretora, então você também pode fazer a compra dos títulos do Tesouro Direto.

O processo de abrir conta numa corretora é muito parecido com o da abertura de uma conta num Banco. Você precisará enviar uma série de documentos, geralmente cópias de CPF, comprovante de residência; além da assinatura de um termo de adesão e contrato de intermediação e prestação de serviços.

Os agentes integrados são as corretoras que possuem integração direta com o sistema do Tesouro Nacional. Através desta integração o investidor pode realizar a compra do título dentro do sistema da própria corretora. Quando o agente não é integrado, basta acessar o sistema do próprio site do Governo para realizar a compra, utilizando como login seu CPF e senha neste link: https://tesourodireto.bmfbovespa.com.br/

Se você abriu conta em uma corretora não integrada (ou caso seu Banco não possua essa integração), ela fará seu cadastro no sistema do Tesouro Direto/Bovespa e você poderá entrar no link acima, digitando seu login e senha fornecidos. Ou ainda caso você já tenha o seu login e não possua senha, você pode recuperá-la clicando em “esqueci minha senha”.

Custos Associados à Compra dos Títulos do Governo pelo Tesouro Direto

Há atualmente duas taxas que se paga na compra dos títulos do Governo:

  • Taxa de custódia: esta taxa é cobrada pela CBLC/Bovespa, e é de 0,30% ao ano sobre o valor dos títulos. Alguns Bancos ou corretoras repassam esta taxa com acréscimo.
  • Taxa de administração: uma taxa que as corretoras ou Bancos podem cobrar por seus serviços, relacionados a compra deste título. Cada corretora tem sua política de cobrança, o investidor precisará pesquisar e verificar qual prefere. Veja a relação das corretoras e taxas neste link.

O importante ao escolher uma corretora, além de avaliar os custos com taxas, é pensar na confiabilidade da corretora, e na praticidade.

  • Confiabilidade: é preciso verificar o histórico da corretora e sua atuação no mercado para saber se vale a pena colocar seu dinheiro nela. O investidor pode se deparar com instituições pouco conhecidas sem nenhum histórico sobre suas atividades.
  • Praticidade: muitas vezes, uma corretora pode oferecer uma taxa bem menor que a corretora de seu banco mas é preciso avaliar se o custo com a transferência do seu dinheiro do Banco para a Corretora (via TED ou DOC) vai compensar essa vantagem.

 

O que pode acontecer se a minha corretora falir?

As corretoras no Brasil em verdade não ficam com a custódia dos títulos. Quem faz essa custódia é a BM&F Bovespa e a CBLC. A corretora é apenas um agente que intermedia as operações. Corretoras são todas fiscalizadas e acompanhadas pela CVM, Banco Central e pelo órgão de supervisão da BM&F Bovespa. Então não há risco de se perder os títulos caso ocorra a falência da corretora.

Mas, procure não deixar dinheiro em excesso parado na conta da corretora. Somente esse dinheiro correria tal risco. E além disso, esse dinheiro parado não teria rentabilidade nenhuma.

Terceiro Passo: Realizando a compra dos Títulos do Governo Através do Sistema

Depois de escolher o Título do Governo que você quer comprar e a corretora que mais te agradar, o próximo passo é efetuar a compra dos Títulos do Governo através do sistema do Tesouro Direto. Se você escolheu uma corretora integrada, você poderá comprar através do sistema própria da corretora. Senão, você pode comprar pelo site do Tesouro. Acesse o link: https://tesourodireto.bmfbovespa.com.br/

Guia prático - Como investir no tesouro direto - tela de login - Seu Guia de Investimentos

Existem duas formas de comprar os títulos: de forma agendada ou no ato.

Se você escolher comprar através de agendamento, você poderá comprar Títulos a partir de 1% do valor total de cada Título. Basta clicar na opção “agendar”, no canto esquerdo da tela, conforme a imagem abaixo:

Guia prático - Como investir no tesouro direto - tela agendamento 2 - Seu Guia de Investimentos

Ao comprar de forma tradicional, você poderá comprar Títulos a partir de 10% do valor total do Título. Basta clicar na opção “comprar” no canto esquerdo da tela para escolher os títulos mais adequados, conforme a imagem abaixo:

Guia prático - Como investir no tesouro direto - tela de compra 2 - Seu Guia de Investimentos

Ao realizar a compra desta forma ocorre o débito em sua conta através da corretora. O prazo para a conclusão da operação é de dois dias após a compra no sistema, até as 17 horas. Entre a data de compra e a data em que os títulos tornam-se disponíveis, o investidor poderá consultar o estágio do processo de liquidação da compra nas consultas de protocolos da área restrita do site do Tesouro Direto. Enquanto a compra dos títulos não é finalizada/liquidada, é visualizado o status “Em liquidação”

Gostou do artigo? Deixe um comentário! Essa troca é muito positiva!

Compartilhe este artigo também com seus amigos nas redes sociais:

Recomendo a leitura:

[magicactionbox]

Sobre Gisele

Sou apaixonada por finanças e investimentos. Essa paixão começou em 2004 quando comecei a investir em ações. Aqui no site tenho como objetivo ajudar meus leitores a entender como o mercado financeiro e a economia estão presentes no seu dia-a-dia e a melhorar sua capacidade de tomar boas decisões de investimentos para suas vidas. Eu invisto através da filosofia de investimento em valor e análise fundamentalista. Quero dividir um pouco do que aprendi com vocês e também, aprender sempre mais através dos seus comentários e suas dúvidas.

4 comentários

  1. Luiz Alberto

    Olá Gisele
    Quero parabenizá-la pelo artigo sobre tesouro direto.Estou querendo começar a fazer aplicações e ele está sendo muito útil.Continue com as dicas, pois é de pessoas como você que os iniciantes estão precisando.

    • Olá Luiz, obrigada pelo comentário!

      Fico feliz que os artigos sobre o Tesouro Direto estejam sendo úteis! Este é o objetivo do site!
      Um grande abraço!

  2. Dionisia Silva dos santos

    ola Gisele, haum tempo estou estudando para entender melhor e perder o medo, obrigada. Ainda fico com duvidas sobre corretoras, tenho lido os comentarios e reclamaçoes aida nao me sinto totalmente a vontade. Poderia me dar mais dicas por email. Obrigada

    • Olá Dionisia.

      Fique tranquila pois no começo é assim mesmo. Procure ler bastante materiais, livros, revistas, veja videos na internet e aos poucos você vai conseguir dar seus primeiros passos! Estou reformulando o cadastro no site, e em breve volto com as inscrições por email!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *