Home / Investimento em ações e conteúdo avançado / Entendendo as Demonstrações Financeiras na Análise Fundamentalista [5]

Entendendo as Demonstrações Financeiras na Análise Fundamentalista [5]

Analise fundamentalista 5 - Demonstracoes financeiras 1 - Seu Guia de InvestimentosAs demonstrações financeiras na Análise Fundamentalista

Olá!

No artigo de hoje vou explicar de forma bem resumida como funcionam as demonstrações financeiras de uma empresa.

Se você ainda não investe em ações mas quer dar seus primeiros passos, baixe meu ebook Guia 3 Passos Pra Investir em Ações [clicando aqui].

Veja só:

Os relatórios financeiros das empresas

Toda empresa de capital aberto deve publicar, periodicamente, informações a respeito de suas operações, conforme determina a lei (leis 6.404/76, 11.638/07 e 11.941/09).

As principais demonstrações financeiras que uma empresa de capital aberto precisa publicar são:

  • Balanço Patrimonial
  • Demonstrativo de Resultados do Período
  • Demonstrativo de fluxo de Caixa
  • Demonstrativo de Lucros Acumulados (ou de mutações no Patrimônio Líquido)

Pra fazer uma boa análise fundamentalista da empresa, vamos entender o que são cada um destes relatórios.

A importância do Balanço Patrimonial para a Análise Fundamentalista

Na análise fundamentalista, todas as demonstrações financeiras de uma empresa têm sua importância. O balanço patrimonial é um relatório publicado uma vez só no ano, que representa todos os bens onde a empresa investiu seu capital, e todas as suas fontes de recursos. Ele é como uma fotografia da empresa numa data. O lado “Ativo” representa onde a empresa investiu o seu dinheiro. E o lado “Passivo” mostra as fontes de dinheiro. O que você tem que procurar quando analisa o Balanço? E, se balanço só sai uma vez no ano, qual é a idéia de olhar esse demonstrativo? Existem várias informações importantes que o Balanço Patrimonial mostra, como o endividamento, a alavancagem operacional, a eficiência operacional, e etc. O principal, ao se olhar o Balanço Patrimonal quando fazemos a análise fundamentalista, é avaliar como a empresa está adequando as suas fontes de recursos aos investimentos realizados.

Entendendo o Demonstrativo de Resultados do Exercício (DRE)

Dentro da análise fundamentalista, o demonstrativo de resultados mostra uma informação diferente da que o Balanço Patrimonial mostra. O Demonstrativo de Resultados do Exercício mostra a performance da empresa entre duas datas. As empresas publicam esse demonstrativo todo o trimestre. Se o Balanço Patrimonial pode ser considerado uma foto da empresa numa determinada data, o Demonstrativo de Resultados é um registro das atividades da empresa que trouxeram aumentos ou reduções no Patrimônio Líquido da mesma.

Avaliando o Demonstrativo de Fluxo de Caixa na Análise Fundamentalista

Diferente da DRE, o Demonstrativo de Fluxo de Caixa mostra uma coisa diferente do Lucro. A DRE mostra o registro das ações da empresa que trouxeram impactos no lucro, que é um dado contábil. O lucro não representa exatamente o dinheiro que entrou na empresa, porque ele é registrado com base no regime de competência.

Já o fluxo de caixa mostra como o dinheiro real foi utilizado pela empresa durante o período, como ele foi aplicado. Outro ponto importante ao se olhar o Demonstrativo do Fluxo de Caixa, quando fazemos a análise fundamentalista, é identificar da onde vem o caixa da empresa: atividades operacionais, atividades de investimento ou financiamento.

Demonstrativo de Lucros Acumulados (ou de Mutações no Patrimônio Líquido)

Esse relatório mostra as variações que ocorreram na conta do Patrimônio Líquido da empresa. Esse demonstrativo é um complemento do Balanço, e em geral não é analisado tão profundamente na análise fundamentalista, pois contém informações que ajudam a entender as variações que ocorreram nas contas que compõem o Patrimônio Líquido.

A importância dos múltiplos na Análise Fundamentalista 

Pra ajudar na análise fundamentalista, muitos investidores também calculam os múltiplos, como o famoso Preço-Lucro. Esse múltiplos são indicadores que ajudam a entender melhor como é a situação da empresa. Eles são muito utilizados, principalmente por quem investe no longo prazo fazendo “buy and hold“, e pelo investimento em valor utilizando as técnicas de investimento de Benjamin Graham. Existe uma grande quantidade de indicadores que o investidor pode olhar. Analistas de balanços utilizam mais de 30 indicadores. Mas o investidor comum não precisa de tudo isso. Pra saber mais sobre os indicadores utilizados na análise de empresas pra compra de ações, clique aqui (em breve).

Depois de analisar tudo isso, ainda há um último passo dentro da análise fundamentalista, que é o valuation, um tipo de análise que ajuda a entender se o preço da ação está adequado ou não. Pra saber mais sobre isso, Clique aqui!

Mais sobre Análise Fundamentalista:

Compartilhe nas redes sociais:


[magicactionbox]

Sobre Gisele

Sou apaixonada por finanças e investimentos. Essa paixão começou em 2004 quando comecei a investir em ações. Aqui no site tenho como objetivo ajudar meus leitores a entender como o mercado financeiro e a economia estão presentes no seu dia-a-dia e a melhorar sua capacidade de tomar boas decisões de investimentos para suas vidas. Eu invisto através da filosofia de investimento em valor e análise fundamentalista. Quero dividir um pouco do que aprendi com vocês e também, aprender sempre mais através dos seus comentários e suas dúvidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *